Páginas

terça-feira, 29 de junho de 2010

Dinâmica para produção de texto

"O feitiço virou contra o feiticeiro"
Objetivo: não faça ou deseje aos outros o que não gostaria para si
Material: papel e caneta
Procedimento: forma-se um círculo, todos sentados, cada um escreve uma tarefa que gostaria que seu companheiro da direita realizasse, sem deixá-lo ver. Após todos terem escrito, o feitiço vira contra o feiticeiro, que irá realizar a tarefa é a própria pessoa que escreveu. "não faça ou deseje aos outros o que não gostaria para si"
Respeito ao próximo.
A Historinha"
Objetivo: Treinar a memorização e atenção.
Procedimento: Todos devem estar posicionados em círculo de forma que todos possam se ver.
O organizador da dinâmica deve ter em mãos um objeto pequeno e direcionando a todos deve começar a história dizendo: Isto é um ..... (Ex. cavalo). Em seguida deve passar o objeto à pessoa ao seu lado que deverá acrescentar mais uma palavra a história sempre repetindo tudo o que já foi dito. (Ex. Isto é um cavalo de vestido...), e assim sucessivamente até que alguém erre a ordem da história pagando assim uma prenda a escolha do grupo.
Cria-se cada história engraçada... É bem divertido, aproveitem.

" Recital das Almas Gêmeas"
Objetivo: É uma atividade muito divertida, que tem como objetivo a descontração e a aproximação entre os membros do grupo.
Material: papel e caneta
Procedimento: Divide-se a turma em duas equipes. Em papeis serão escritas mensagens que se completam (perguntas e respostas ou parte 1 e parte 2). Cada participante deverá pegar um papel, ou mais conforme a quantidade de papeis e participantes, sem deixar que seus colegas vejam o que está escrito. A mensagem será ex: 1 - 'eu sou um jardim sem flor', 2- ' eu sou a flor do teu jardim'. A segunda parte complementa a primeira. É importante que as mensagem sejam criativas e engraçadas. É preciso demarcar quais são as primeiras partes, para que sejam recitadas primeiramente, sendo completadas pela sua respectiva segunda parte.

"Para quem você tira o chapéu"
Objetivo: Estimular a autoestima
Materiais: um chapéu e um espelho
O espelho deve estar colado no fundo do chapéu.
Procedimento: O animador escolhe uma pessoa do grupo e pergunta se ela tira o chapéu para a pessoa que ver e o porquê, sem dizer o nome da pessoa. Pode ser feito em qualquer tamanho de grupo e o animador deve fingir que trocou a foto do chapéu antes de chamar o próximo participante.
OBS: Pode-se pedir que escrevam as suas características e após pode-se colar dentro do chapéu. Eles vão olhar dentro do chapéu e ver algumas características que eles devem escolher uma e dizer a quem se atribui.
"Caixinha de Surpresas"
Objetivo: Dinâmica do autoconhecimento;Falar sobre si
Materiais: caixinha com tampa, eEspelho
Procedimento:Em uma caixinha com tampa deve ser fixado um espelho na tampa pelo lado de dentro. As pessoas do grupo devem se sentar em círculo. O animador deve explicar que dentro da caixa tem a foto de uma pessoa muito importante (enfatizar), depois deve passar para uma pessoa e pedir que fale sobre a pessoa da foto, e não devem deixar claro que a pessoa importante é ela própria. Ao final, o animador deve provocar para que as pessoas digam como se sentiram falando da pessoa importante que estava na foto.
" O papel"
Objetivo: Descontração
Materiais: pedaço de papel, caneta
Procedimento: Forma-se um círculo e em seguida será distribuído um pedaço de papel para cada um, e uma caneta. Logo após a pessoa irá escrever qualquer pergunta que ela quiser, ex: Porque hoje fez sol? entendeu?!É qualquer pergunta, o que vier na cabeça. Ai logo após o instrutor irá pegar os papéis de todos os participantes, embaralhar e entregar um para cada (só que você não poderá pegar o seu), ai depois de feito isso a pessoa vai responder o que estiver naquele papel que ela pegou. Depois que todos responderem sem um ver o do outro, você vai dobrar seu papel e vai passar 2 vezes para seu lado direito todos juntos. Ai começa a brincadeira. Uma pessoa começa lendo o que está em seu papel, em seguida a pessoa do lado direito ou esquerdo (depende do monitor escolher), digamos que foi pela direita, ai a pessoa vai ler o que está escrito na RESPOSTA dela, e assim sucessivamente, a mesma que respondeu a resposta vai ler a sua pergunta e o vizinho ao lado responderá a sua resposta é muito legal e divertindo causando muitos risos
 "dança da cadeira cooperativa"
Objetivo: essa dinâmica serve para quebrar o gelo e fazer com que os participantes pensem sobre cooperação entre o grupo.
Materiais: 1 cadeira
Procedimento: consiste na brincadeira da dança da cadeira(mesmo procedimento), só que em ao invés dos que ficarem sem se sentar sairem, terão que se sentar no colo do amigo, de modo que ninguém fique em pé. É muito engraçado! Ao final, com apenas uma cadeira todo o grupo terá que se sentar um no colo do outro.
Um aluno deve observar a brincadeira e fazer o registro escrito.
: "Descobrindo as qualidades"
Objetivo: Interação
Materiais: quebra-cabeça, pedaços de papel e caneta
Procedimento: Dois grupos formam um círculo, com os componentes intercalados ( ex. um do amarelo, outro do azul e assim em diante até terminar o círculo). Cada componente deve escrever em um pedaço de papel uma qualidade própria (usando apenas uma palavra) e entregar para o participante do lado direito, sendo este o componente do grupo oposto, que deverá fazer mímica para que o seu grupo descubra a qualidade do participante ao lado (grupo oposto), quando o grupo acerta a qualidade logo o outro componente do mesmo grupo anterior que estava fazendo a mímica começa a fazer também a sua e assim sucessivamente . Enquanto isso o líder do grupo oposto está dentro do círculo montando um quebra cabeça, quando ele terminar o tempo acaba e ganha o grupo que descobriu mais qualidades do grupo oposto.
49. Dinâmica: "qualidades e defeitos"
Objetivo: falar das qualidades e defeitos.
Materiais: pedaço de papel, caneta
Procedimento: gostaria de sugerir uma dinâmica que fiz com meus alunos para falarmos das qualidades e defeitos. Entrega-se um pedaço de papel para cada participante e pede que desenhe a mão direita e a mão esquerda. Em cada dedo primeiro da mão direita escreve-se uma qualidade e na esquerda um defeito. O coordenador da dinâmica dá cerca de 20 minutos para escreverem. Ao final discute-se de acordo com o que cada um escreveu, finalizando que é mais fácil falar de características dos outros do que de nós mesmos e encerra dizendo que todos possuímos qualidades e defeitos, porém temos que nos respeitarmos e priorizarmos nossas qualidades
52. Dinâmica: "da inteligência"
Objetivo: melhorar a percepção
Procedimento: Você pega um grupo e divide em 2 a 2, um olhando pro outro. Peça a eles para que se observem por 2 minutos, depois peça para eles se virarem de costas e mudarem três coisas em si mesmos e depois desvirarem e fazerem com que o parceiro descubra o que foi mudado, pedir para descrever.  O outro também repete e assim sucessivamente repita por 3 vezes.

55. Dinâmica: " da Pergunta Certa"
Objetivo: Esta dinâmica irá despertar uma atenção maior a concentração e estratégia.
Material: papel e fita crepe
Procedimento: Esta dinâmica para funcionar independe da quantidade de pessoas participantes. Um exemplo, em um grupo o coordenador deverá colar um nome de uma pessoa famosa nas costas dos participantes, sem que eles vejam o que esta escrito, então ganha a dinâmica quem descobrir primeiro o nome que está escrito em suas costas, para ajudá-los eles poderão fazer perguntas entre si como por exemplo 'a pessoa é loira?', mas as respostas so poderão ser sim ou não.

Como motivar seu aluno a produzir textos?
Relatos do dia-a-dia; Notícias da comunidade; Notícias de jornais e revistas; Acontecimentos importantes; Gravuras;
Textos principiados;
Textos em rodinhas;
Textos coletivos;
Textos em dupla;
Livros lidos;
Revistas em quadrinhos; Debates; Cartas, bilhetes, avisos; Relatórios;
Músicas;
Poesias; Trabalho com sucatas, desenhos, pinturas, origamis, maquetes

História Coletiva:
Colar figuras, em seqüência, nas laterais de uma cartolina deixando uma extremidade livre para traçar a seta inicial do jogo. Riscar e separar as figuras com caneta hidrocor.

Material Necessário: cartolina, figuras, dadinho, cola, régua, caneta hidrocor.

Jogo:
Equipe de quatro. Jogar o dadinho, contar as casas e na figura que parar, iniciar a história. Prosseguir o jogo e o texto com os demais elementos.

Sugestão para correção:
Auto Correção: após a conclusão do jogo. Ler o texto e realizar a auto correção;
Troca de texto: trocar os textos entre as equipes e realizar a correção com a participação de todos da equipe;
Reestruturação do texto: reestruturar o texto no quadro com a participação dos alunos, questionando os elementos gramaticais, ortográficos e textuais;

2. Texto em duplas: na produção do texto em duplas, cada um deve escrever uma linha e passar para o seu par que deverá  dar continuidade ao pensamento já iniciado. Não pode haver conversa, só escrita. Caso a palavra seja cortada no final da linha o par tem que terminar a palavra e continuar. Depois do texto pronto é que se dá o título.

3. Completar História: O professor distribui fichas com início e final de um texto, os alunos devem completar o meio da história. Pode ser feito em duplas ou em equipes maiores.

4. Reescrever Histórias: O professor lê uma pequena história e os alunos devem reescrevê-la mudando o final, a critério do aluno ou o professor pede que façam um final absurdo, engraçado, feliz, triste, etc.

 
SENTINDO AS PALAVRAS
 
Proposta de atividade

Traga para a sala de aula vários poemas. Procure diversificar autores, estilos e temas. Faça um mural com eles ou afixe-os na lousa. Solicite aos alunos que escolham uma das poesias do mural. Após uma leitura, peça para representarem em uma folha, com linhas, traços e cores, o que sentiram ao ler a poesia.

Cada aluno pode mostrar seu desenho para a classe, e você, professor, pode conversar com o grupo, mostrando a variedade dos sentimentos, que não tem certo ou errado, apenas sentimentos diferentes, pois somos diferentes. E no nosso dia-a-dia, quais os sentimentos que aparecem? Raiva, medo, alegria, desânimo, esperança, amor... Quando sentimos cada um deles?

Faça junto com seus alunos uma lista dos sentimentos que apareceram na conversa, escrevendo-os na lousa. Cada aluno deve escolher o sentimento com que mais se identifica no momento. Peça, então, para fecharem os olhos e pensarem em palavras soltas que se relacionem com esse sentimento.

Após alguns minutos, cada um vai escrever as palavras em que pensou, o que sentiu. Os alunos devem agora se juntar em pequenos grupos, de acordo com o sentimento que escolheram. A idéia é tentar criar um poema a partir do sentimento, afinal já podemos nos arriscar a produzir poesia.

As palavras escritas de cada um podem ajudar a compor o poema do pequeno grupo. Peça que releiam o que escreveram. Dá para intensificar a sonoridade? Solicite a eles que pensem em uma forma de apresentar os poemas criados.


Em breve estarei postando mais atividades sobre produção de texto , estou lendo um livro otimo de Geraldo Peçanha , produção de textos nas series iniciais .
Essas atividades dou total créditos a orientadora pedagógica inteligentíssima Elisângela Queluz .

8 comentários :

Anônimo disse...

amei.......

gabriela disse...

Adorei as dinâmicas realmente são bem criativas e vai concerteza chamar à atenção da turma .
Muito obrigada .
Beijos Gabi

Anônimo disse...

me ajudou bastante.obrigada

Anônimo disse...

Gostei.. vou utilizá-las.........Obrigada..........

Gisele Pinto disse...

Adorei. Ideias muito criativas. Vou usa-las com certeza. Obg.

Gisele Pinto disse...

Adorei. Ideias muito criativas. Vou usá-las com certeza. Obg.

Jujuba disse...

Amei as dicas, sou professora de reforço escolar e tenho dois alunos com dificuldades em produção textual. Estão no 2º do F1, mas tem dificuldades em leitura e interpretação.

Lisandra Lima disse...

Oi, gostei muito especialmente do sentindo as palavras. Vou aplicar com minhas turmas. Obrigada pela iniciativa de compartilhar essas ideias!

Postar um comentário

DEIXE SEU RECADO.

visitantes on line